Motos de 1 roda desafiam os mais aventureiros

A transição para os veículos eléctricos tem feito surgir algumas variantes curiosas, como estes “uniciclos” que mais parecem uma mota partida ao meio.

Depois dos uniciclos-patins, temos uma proposta que parece ser mais tentadora para os fãs das motos de duas rodas, mas que dispensa uma das rodas. Neste caso, poderemos dizer que à distância até poderia fazer parecer que se está a andar numa Ducati, mas com um olhar mais de perto a gerar curiosidade sobre se se trata de uma mota acidentada que ficou sem a roda da frente. No entanto, a posição sentada poderá fazer com que a sua utilização seja mais aproximada da utilização de uma mota tradicional.

Pesando 40kg, esta meia-mota pode atingir os 50 km/h, e tem uma autonomia para 60-100km dependendo do estilo de condução – e seguramente iria fazer girar cabeças ao passar por outros veículos na estrada (assumindo que algo deste tipo poderia ser legalizado para circulação por cá).

Considerando a quantidade de pessoas que anda de mota e gosta de fazer “cavalinhos”, acho que estes uniciclos poderão ser a solução perfeita, já que lhes permitiram andar continuamente só com uma roda no chão, como tanto parecem gostar de fazer.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *