Perseverance conseguiu produzir oxigénio em Marte

Depois do voo bem sucedido do Ingenuity, a NASA continua a somar sucessos em Marte, validando a produção de oxigénio no planeta vermelho.

Uma das experiências que segue a bordo do Perseverance é o MOXIE (Mars Oxygen In-Situ Resource Utilization Experiment), que tinha como objectivo testar a produção de oxigénio a partir do CO2 existente na atmosfera marciana – e que foi demonstrado com sucesso, com o pequeno módulo a produzir cerca de 6g de oxigénio por hora, que seria suficiente para manter um astronauta vivo durante 10 minutos.

Isto significa que futuras missões poderão transportar sistemas que geram oxigénio em Marte, dispensando a necessidade de transportar toneladas de oxigénio da Terra, quer para efeitos de sobrevivência dos astronautas, mas também para ser usado como combustível para sairem do planeta e regressarem à Terra. Por exemplo, podemos ter uma missão robótica que anteceda a ida de uma missão tripulada, que aterre em Marte e encha vários depósitos com oxigénio, para posterior utilização pelos astronautas quando lá chegarem.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *