Teslas com Autopilot 2.0 precisam trocar câmaras para terem modo FSD

Depois da troca do computador do Autopilot, há também que trocar as câmaras nos Tesla mais antigos antes de poderem aceder à versão beta do muito aguardado modo FSD.

A Tesla tem vendido o modo FSD há anos, sem nunca o ter disponibilizado. Em 2016 a empresa tinha tanta certeza de estar perto disso que assegurou aos clientes que o hardware e câmaras no conjunto “Autopilot 2.0” era suficiente para possibilitar o acesso a esse modo – algo que depois veio a dizer que, afinal não, implicando a troca do computador. E agora, parece que as trocas não se ficarão pelo computador.

O novo modo FSD beta tem sido disponibilizado de forma faseada com prioridade a quem tem melhor classificação de condução (com algumas excepções), mas agora que tem começado a chegar a alguns condutores com Teslas dessa geração Autopilot 2.0, chega também um aviso de que será necessário trocar as câmaras antes de poderem ter o modo FSD.

Ao menos desta vez a Tesla parece ter aprendido a lição e diz que a troca das câmaras está incluída no preço – em vez de tentar cobrar mais por isso, como tentou fazer na troca dos computadores. Mas de qualquer forma, significa que os donos dos Tesla mais antigos não poderão ter o modo FSD apenas via download, sendo necessário agendar a troca das câmaras.

Vamos ver se é a última vez… ou se entretanto passam mais alguns anos e depois volta a ser necessário trocar mais algumas coisas novamente.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *