F-150 Lightning com preço inflacionado pelos concessionários

Algumas pessoas que fizeram a pré-encomenda da nova pickup eléctrica Ford F-150 Lightning terão que pagar mais 30 mil dólares se quiserem ser dos primeiros a recebê-las.

Alguns concessionários estão a aproveitar-se das quantidades limitadas de Ford F-150 Lightning que serão produzidas até 2024 para tentarem multiplicar os lucros de forma significativa. Nalguns casos, está a ser pedido que os clientes paguem 30 mil dólares adicionais para receberem uma das unidades iniciais, o que se pode considerar uma verdadeira “roubalheira” quando se tem em conta que o preço base da F-150 Lightning começará nos 40 mil dólares, e a versão intermédia fica-se pelos 53 mil dólares.

Mesmo quem não se importar de esperar fica a salvo, pois os concessionários também estão a aplicar um “ajuste” de 10 mil dólares nesses casos, e dizendo desde logo que todos os preços indicados anteriormente ficam sem efeito.

É uma péssima demonstração do sistema de concessionários – se bem que mesmo a Tesla que faz as vendas directas, tem estado a praticar tácticas idênticas, “convidando” os clientes que já tinham sinalizado a compra do carro a pagarem a diferença para o preço actualizado, ou arriscarem-se a ficar eternamente na lista de espera – e infelizmente é algo que a escassez dos automóveis tem feito aumentar.

Considerando que a Ford vai ter uma produção bastante reduzida da F-150 Lightning nestes próximos anos (apenas 15 mil unidades em 2022, 55 mil em 2023, e 80 mil em 2024), ainda irá demorar até que a situação fique regularizada.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.