Primeira viagem autónoma de camião sem humanos em estradas públicas

Nos EUA a TuSimple levou a cabo mais um marco nos veículos autónomos, com a primeira viagem em estradas públicas de um camião autónomo sem humanos a bordo.

As pessoas que se cruzaram com o camião da TuSimple na estrada I-10 entre Los Angeles e Jacksonville assistiram a algo que pareceria saído de um filme de ficção científica: um camião a circular sem qualquer pessoa no lugar do condutor – e, neste caso, também sem ninguém no lugar do passageiro ou escondido na cabine. Foi o culminar de anos de desenvolvimentos e testes (com mais de 1.000 viagens realizadas com técnicos a bordo) mas ainda assim, com toda a precaução que convém aplicar a sistemas que ainda têm de conquistar a confiança do público.

O camião fez todo o percurso programado, de 1h20m, em estradas públicas, sem qualquer intervenção humana – mas apesar de não levar nenhuma pessoa lá dentro, contava com uma discreta mas completa escolta pronta a intervir em caso de necessidade.

Havia uma escolta de carros de polícia descaracterizados que seguiam cerca de um quilómetro atrás do veículo para a eventualidade do camião ter que parar. E alguns quilómetros à frente seguia outro carro, para detectar potenciais situações inesperadas na estrada, acompanhado por outro carro que seguia algumas centenas de metros à frente do camião, também pronto a entrar em acção.

Este é um veículo com sistema de condução autónoma de nível 4, o que significa que pode funcionar sem necessidade de intervenção humana desde que sejam cumpridos uma série de critérios pré-estabelecidos (como um percurso pré-definido, ou determinadas condições atmosféricas). No entanto, ainda será necessário aguardar mais um par de anos até que estes camiões comecem a multiplicar-se nas estradas, pois só em 2024 é que a TuSimple começará a entregar os primeiros camiões aos seus clientes. Para se ficar com uma ideia do nível de interesse que há, a TuSimple tem mais de 6.800 camiões reservados.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *