Mercedes desvenda som do novo motor de Fórmula 1

 

Com a mudança de regras na Fórmula 1 para 2014, todos os monolugares terão que passar a estar equipados com os novos motores V6 turbo de 1.6 litros, que substituirão os actuais V8 aspirados.

A Mercedes divulgou recentemente imagens do seu novo motor para 2014, que deverá debitar os mesmos 750 cavalos dos motores actuais. Estes novos motores têm um limite de rotação de 15.000 rpm e um único turbo com um limite de rotação de 125.000 rpm, estando também equipados com um sistema que pode produzir KERS de 120kW (160cv), o dobro dos sistemas actuais.

Mercedes_F1_2014_02

O barulho dos motores era uma das principais preocupações de Bernie Ecclestone para esta revolução que se avizinha, temendo que a Fórmula 1 perdesse o som característico que também funciona como imagem de marca, mas segundo Andy Cowell, director da “Mercedes-Benz High Performance Engines”, os receios de que os novos V6 não sejam tão apelativos em termos sonoros para os adeptos não têm fundamento: “vão-se ouvir bastante bem, para além de que os pilotos vão ter mais binário à saída das curvas, mas com menos aderência, e isso, como se sabe, é apelativo para os adeptos, já que obriga os pilotos a dominarem bem as suas máquinas”.

Mercedes_F1_2014_01

Na realidade o som do motor Mercedes, mesmo sendo mais suave, ainda se destaca e se assemelha a um Fórmula 1, como pode ser visto neste vídeo, captado a partir do simulador da equipa da pista de Monza, em Itália.

 

[youtube http://youtu.be/ebpkJXJ7CFo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *