Tesla lança Model X 60D mais “económico” e com bateria limitada por software

A Tesla quer tornar o seu Model X mais acessível, e acaba de revelar o modelo 60D mais económico – mas cuja autonomia mais reduzida é conseguida apenas à custa de uma restrição de software, pois tem exactamente a mesma bateria que o modelo seguinte mais caro.

teslax60D

O Model X é um carro impressionante, mas o preço de 83 mil dólares para o modelo base do X 75D não ajuda no momento de atrair compradores (ao contrário do Model 3 de 35 mil dólares, que bateu todos os recordes de pré-compra de um automóvel.) Por isso a Tesla criou um novo modelo mais económico: o Model X 60D custa “apenas” 74 mil dólares – e que reduz a autonomia anunciada de 237 para 200 milhas (de 380 para 320 quilómetros).

Mais interessante que analisar se realmente se justifica pagar 9 mil dólares pela diferença de 60km de autonomia, é constatar que esta limitação está a ser imposta artificialmente, pois o Model X 60D tem precisamente a mesma bateria de 75kWh do X 75D. Aliás, a Tesla dá aos compradores do X 60D a possibilidade de, a qualquer altura, fazerem uma actualização remota que desbloqueia o acesso à capacidade completa… por 9500 dólares.

Refira-se que isto não é novidade na Tesla, e já tinham feito o mesmo para o Model S70, que também tinha bateria de 75kWh “desbloqueável”. Esperemos apenas que outros fabricantes não se lembrem de recorrer a tácticas idênticas… Já imaginaram o que seriam smartphones que só funcionassem por 8 ou 9h seguidas, mas que poderiam funcionar por 12h ou 24h se os utilizadores pagassem para desbloquear a capacidade da bateria? Pois… também não me parece que fosse a melhor opção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *