Piloto Automático nos Tesla conduz mais devagar após actualização

Uma actualização do sistema de Piloto Automático nos Tesla está a fazer com que os carros conduzam abaixo do limite de velocidade máximo, e muitos condutores não estão contentes com a alteração.

A Tesla preferiu jogar pelo seguro, e para além de ter removido a margem de tolerância que aplicava à velocidade máxima de circulação, agora passa a ter em consideração outros factores externos para determinar a velocidade máxima para o sistema de condução automático, para minimizar o risco de acidentes.

É preciso não esquecer que o sistema continua a estar optimizado para a circulação em auto-estrada ou vias rápidas com separador central; e nos casos em que é utilizado em estradas locais a nova actualização passa a ter em consideração o traçado da estrada e intensidade do trânsito para determinar a velocidade máxima, que poderá ficar abaixo da velocidade máxima permitida.

Para além disso o carro passa a pedir ao condutor que segure no volante se:

  • a velocidade for inferior a 70 km/h e estiver a conduzir sozinho por mais de 5 minutos numa estrada a direito
  • a velocidades superiores:
    • após 1 minuto se estiver a circular sem nenhum veículo em frente (que ajuda no processo de tracking da estrada)
    • após 3 minutos se tiver um veículo a circular à sua frente

Não esquecer que também os condutores humanos têm por vezes a tendência (errada) para assumir que o limite de velocidade máxima é aquele que é indicado pelos sinais de trânsito, esquecendo-se que também esse limite poderá ser reduzido em função das condições de circulação em segurança, quer seja devido ao trânsito, quer seja devido às condições atmosféricas, etc.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *