Autopilot da Tesla bate contra barreira central

O Autopilot da Tesla pode fazer coisas impressionantes e ajudar a evitar alguns acidentes, mas é preciso ter em conta que a sua visão do mundo não será tão fiável quanto se possa imagina, como demonstra um recente caso de choque contra uma barreira central.

Numa estrada que se pensaria ser “ideal” para circular com o Autopilot, estilo via rápida com múltiplas vias de rodagem, o Autopilot demonstrou não ser capaz de lidar com uma barreira central que se aproximou sobre a linha de demarcação da via – como se pode ver no vídeo que se segue (ao 1:00).

Felizmente, o posicionamento da barreira fez com que o Tesla lhe batesse de “raspão”, riscando apenas a jante e a película de protecção dos painéis laterais, mas o caso poderia ter sido bem mais complicado caso o pneu tivesse rebentado ao a jante ficado destruída.

Este seria o tipo de situação que poderia ter sido evitada caso a Tesla adoptasse um LIDAR (que permitiria ter uma visão 3D do mundo em redor), em vez de continuar a insistir que chega utilizar um radar e as câmaras – embora também se perceba que, neste momento, a utilização de um LIDAR seria economicamente inviável. Daí que importe relembrar que, quando a Tesla diz que se deve manter atenção permanente enquanto se usa o Autopilot, é mesmo para se levar isso a sério. E, simultaneamente, faz-nos também interrogar como é que continuam a prometer uma capacidade de condução autónoma “para breve… quando nem sequer são capazes de se desviar de uma barreira central que se intrometa ligeiramente na estrada.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *