Tesla pressiona clientes a actualizarem os automóveis

Embora a maioria dos clientes Tesla se apresse a instalar as actualizações assim que ficam disponíveis, quem não o fizer ficará em risco de perder acesso às funcionalidades online a partir de 1 de Maio deste ano.

Justificando a medida como sendo de “melhoria da segurança” da rede, a Tesla alerta os utilizadores que terão que ter pelo menos a versão 2019.40.2.3 instalada nos seus automóveis até 1 de Maio. A partir dessa data, as versões anteriores poderão não se conseguir ligar à rede, deixando de ter acesso às funcionalidades online, utilizar a app para controlar o automóvel, receber actualizações, e até deixar de poder utilizar funcionalidades como os comandos de voz e o “summon” para movimentar o veículo quando se está fora dele.

O número de pessoas nesta situação deverá ser reduzido, mas contará certamente com todas aquelas que têm evitado a instalação de actualizações para manterem o acesso a funcionalidades menos limitadas do AutoPilot, que nos últimos meses sofreu algumas restrições para os carros europeus; ou uma actualização que prejudicou o carregamento e autonomia nalgumas versões mais antigas do Model S.

Seja como for, os dias para poderem continuar nessa situação estão contados; sendo que a partir de 1 de Maio se arriscam a perder muitas das funcionalidades que fazem dos Tesla carros apetecíveis para os seus condutores… a não ser que aceitem manter o seu carro actualizado.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *