Viagem Tesla Porto-Loulé sem recarregamentos é possível, mas com calma

Alguns membros do Tesla Club Portugal fizeram uma viagem Porto-Loulé para avaliar a autonomia e desempenho dos seus Tesla, e agora temos os resultados.

Actualmente, num Tesla, a questão da autonomia não é nada mais que um mito, já que facilmente se pode percorrer a distância que muito bem se entender, mediante paragens nos postos Supercharger, cuja rede tem vindo a ser progressivamente melhorada ao longo dos anos. No entanto, desta vez o que estava a ser posto à prova era se a autonomia anunciada poderia ser atingida em circunstâncias reais, e daí o percurso Porto – Loulé, com cerca de 540 km, bastante próximo da autonomia anunciada de 560 km do Tesla Model 3 Long Range.

Os resultados foram os seguintes:

Há no entanto algumas considerações, já que houve alguns percalços pelo caminho, e um dos Model 3 teve, na fase final, que ir a fazer “cone de ar” para um Model X que estava em vias de não conseguir chegar ao destino.

De qualquer forma, pegando apenas nos resultados desse mesmo Model 3 (HAL), que acabou por ser o que se revelou mais eficiente, ao atingir uma média de 6,33 km por cada 1% de bateria, podemos retirar alguns dados interessantes:

O carro começou por manter uma média de 85 km/h, depois aumentando progressivamente até aos 90 km/h, tendo mais tarde entrado em ritmo reduzido de 70 km/h para assistir o Model X.

Estas variações permitem-nos fazer umas médias de consumo por velocidade:

  • a 85 km/h – 6,54 km/%
  • a 90 km/h – 5,16 km/%
  • a 70 km/h – 8,50 km/%

Mesmo servindo apenas como referência aproximada, dá-nos uma ideia do tipo de diferença na autonomia que até uns meros 5 km/h podem fazer. De 70 km/h para 85 km/h temos um impacto de 23% nos consumos; ao aumentar de 85 km/h para 90 km/h somos penalizados em mais 21%. Será interessante comparar com o impacto que terá seguir a 100 km/h e 120 km/h – vou ter que chatear alguém com um Tesla para fazer uma medições! 😉

Posto de outra forma, com base nestas médias, quem tiver o pé mais levezinho e aceitar fazer uma viagem a 85 km/h poderia, teoricamente, percorrer mais de 650 km; mas ao acelerar para os 90 km/h esse valor já se reduziria para os 516 km. Já quem for a 70 km/h, então deveria conseguir atingir uns impressionantes 850 km, o que fica em linha com os valores de quase 1.000 km atingidos a velocidades ainda mais reduzidas.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *