Porsche apresenta Taycan Cross Turismo

A Porsche apresentou finalmente o Taycan Cross Turismo, uma variante do Taycan 100% eléctrico melhor equipado para enfrentar o “todo-terreno” urbano.

O Porsche Taycan Cross Turismo surgiu do interesse revelado por um dos protótipos que a marca criou após revelar o design do Taycan, e demonstrando que o mercado continua a exigir este estilo de SUV com pinta de todo-o-terreno apesar de ser pouco provável que alguma vez algum dos seus donos tire as rodas do asfalto por mais que breves momentos.

O Taycan Cross Turismo mantêm um tejadilho mais horizontal que resulta em mais espaço interior (mais 9 cm para a cabeça nos lugares traseiros), e maior espaço de carga na mala. A suspensão foi ajustada e deixa esta variante 20 mm mais alta que o Taycan normal, que pode ser elevada ainda mais através da suspensão pneumática, e existe até um pack “Off Road” que adiciona algumas protecções da carroçaria e que eleva a altura em mais 10 mm. Algo que será mais útil para facilitar as entradas e saídas do condutor e passageiros, do que para transpor obstáculos fora de estrada.

Ao estilo do Taycan normal, teremos quatro variantes do Cross Turismo, e insistindo na anacrónica e pouco ajustada referência “Turbo”:

  • Taycan 4 Cross Turismo
  • Taycan 4S Cross Turismo
  • Taycan Turbo Cross Turismo
  • Taycan Turbo S Cross Turismo

A aceleração dos 0-100 km/h é de apenas 2,9s para o Turbo S, 3,3s para o Turbo, 4,1s para o 4S e 5,1s para o Cross Turismo base. Todos eles equipados com dois motores e tracção às quatro rodas.

O preço começa nos 97 mil euros para o Taycan Cross Turismo, 116 mil euros para o 4S, 160 mil euros para o Turbo, e 195 mil euros para o Turbo S. Mas claro, estamos a falar da Porsche, e numa rápida simulação com “full extras”, não foi difícil adicionar mais de 70 mil(!) euros de extras ao Taycan Cross Turismo, incluindo coisas como 381 euros para a chave do veículo pintada na cor do carro e 516 euros pelo Porsche Electric Sport Sound.

Ou seja, com o preço dos extras dava para se comprar um Tesla Model 3 Performance, onde os únicos extras possíveis são a cor, e escolher o Autopilot FSD.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *