GM diz que baterias sem defeito para a Bolt estão a chegar

A GM diz que já estão a ser produzidas baterias sem defeito para instalar nos Bolt, para tentar superar o cenário de pesadelo que se tem vivido.

Depois de alguns Bolt que se incendiaram sem justificação e a tentativa de resolver o problema com software, a GM foi forçada a fazer a recolha de todos os Bolt e revelar que o problema era um defeito de fabrico nas baterias da LG. Problema que finalmente terá sido resolvido, retomando-se a produção de baterias sem defeito que a GM terá que substituir nos automóveis eléctricos afectados.

Os Bolt de 2017 a 2019 terão a bateria substituída integralmente, enquanto os modelos mais recentes poderão ter direito à troca de apenas alguns dos módulos.

Ainda assim e para evitar surpresas inesperadas, a GM vai manter o sistema de monitorização de bateria que tinha inicialmente implementado para tentar dar a volta ao assunto, e que limita o nível de carga máximo. Só depois de o sistema de diagnóstico verificar que não há problemas é que permitirá recarregar a bateria a 100%. Até lá, os condutores continuam a ter a recomendação de deixarem o carro no exterior com “amplo espaço livre” em redor, de não recarregarem à noite nem em garagens, e de não deixar cair o nível da bateria abaixo dos 110 km de autonomia.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *