Rimac Nevera bate recorde dos 400 metros e oblitera Tesla Model S

Depois do novo Model S ter batido o recorde de aceleração nos 400 metros, eis que o Rimac Nevera recupera a honra dos hiper-carros com um estonteante resultado de 8,582 segundos.

A Rimac está a dar que falar no campo dos hiper-desportivos eléctricos – ao ponto de ficar a tomar conta das operações da Bugatti – com o seu Rimac Nevera de 1900 cv a tornar-se no alvo a abater. Um alvo que fica agora confirmado com a oficialização do recorde de aceleração nos 400 metros (o “quarter mile” que os norte-americanos fãs do drag racing tanto apreciam) com um incrível valor de 8,582 segundos e uma velocidade final de 269 km/h. Para referência, o Model S Plaid tinha conseguido um tempo de 9,247 segundos e velocidade final 244 km/h.

O Rimac Nevera torna-se na nova referência dos hiper-desportivos, com uma aceleração dos 0-100 km/h é feita em apenas 1,8 segundos, atingindo os 200 km/h em 4,3 segundos, e os 300 km/h em 9,3 segundos. A velocidade máxima é de 412 km/h.

Claro que há que não esquecer que o Nevera terá uma produção limitada de apenas 150 unidades e um preço de 2 milhões de euros, enquanto o Model S Plaid tem cerca de metade da potência e custa apenas 130 mil euros, sendo um carro que qualquer pessoa poderá usar no seu dia a dia. Pelo que esta “derrota” continua a ser uma grande vitória da Tesla, que seguramente terá algo a dizer quando lançar o seu novo Roadster.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *