GM lança actualização “anti-incêndio” para os Bolt – enquanto esperam troca de baterias

O caso dos Bolt incendiários ainda não chegou ao fim, mas a GM lançou uma actualização para tentar evitar novos incidentes enquanto decorre o processo de substituição de todas as baterias defeituosas.

A GM lá se resignou a ter que trocar todas as baterias problemáticas dos Bolt depois de ter tentar disfarçar o problema com várias actualizações. Desta vez temos nova actualização, mas com um propósito diferente.

Sabendo-se que o processo de troca de baterias é algo que irá demorar muitos meses, a GM está a lançar uma actualização que tenta dar maior tranquilidade aos possuidores dos Bolt, que até agora estavam a ser aconselhados a tratá-los como autênticas bombas-relógio, não os podendo deixar ficar em garagens nem perto de outros automóveis.

Esta nova actualização reduz o nível de carga máxima dos 90% para os 80%, para evitar o risco de incêndio, mas em contrapartida remove as limitações de descarga total – a GM tinha aconselhado que não se deixasse reduzir a carga abaixo dos 30%. Ou seja, na prática os condutores até ficam a ganhar, ficando com 80% da carga disponível em vez dos anteriores 60% (dos 30% aos 90%). E, com esta alteração, a GM diz que passa a ser seguro deixar os carros nas garagens.

Um pequeno consolo para quem, até ao momento, tem passado pela pior experiência possível de ter um carro eléctrico.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *