A evolução do Autopilot da Tesla

A Tesla tem feito melhorias substanciais no seu Autopilot nos últimos meses, e o dono de um Model 3 mostra como o sistema tem lidado com uma curva complicada ao longo das sucessivas actualizações que tem sofrido.

Embora a Tesla não tenha cumprido a promessa de que iria disponibilizar um Autopilot capaz de fazer uma viagem a atravessar os EUA de costa a costa antes do final de 2018 (algo que já foi feito sem ser com um Tesla), tem pelo menos lançado diversas melhorias.

Entre Setembro e Dezembro a Tesla lançou três actualizações, e o dono de um Model 3 mostra como uma curva que na versão 8.1 do Autopilot era “assustadora” de se fazer, com o carro a parecer estar prestes a sair da estrada e obrigando a intervenção humana; passou a ser feita sem grandes dificuldades, inicialmente a uma velocidade mais cautelosa, e de forma ligeiramente mais célere na versão seguinte.

Não esquecer que, oficialmente, o Autopilot continua a requerer que o condutor mantenha a atenção e os olhos constantemente na estrada, de modo a poder assumir o controlo a qualquer momento.

Publicado originalmente no AadM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *